Alimentação e a saúde do coração

Em 29 de Maio de 2018 às 07:42, por Assessoria de Comunicação
Alimentação e a saúde do coração

Entre os principais fatores de risco das doenças cardiovasculares estão o sedentarismo, a ingestão de bebidas alcoólicas em excesso, a obesidade, a hipertensão arterial, diabetes e má alimentação.

Segundo a nutricionista Maria Luiza Prado, a alimentação é um agregado aos cuidados com a saúde do coração. “Algumas pessoas têm predisposição genética a desenvolverem doenças cardiovasculares e, especialmente para essas pessoas, uma alimentação balanceada faz toda diferença. É essencial evitar alimentos gordurosos, os industrializados, as gorduras de origem animal, o sal em excesso e as frituras”, explica.

Nutricionista Maria Luiza PradoNutricionista Maria Luiza Prado. Foto: Kerignaldo Júnior

Uma alimentação saudável é composta por refeições que contém em medidas certas lipídios, carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais. “Os sucos naturais, os carboidratos integrais, os óleos vegetais são itens que enriquecem de forma saudável a rotina alimentar. Os integrais contém menos índices glicêmicos, ou seja, é menos açúcar circulando no sangue, além de serem ricos em fibras, que ajudam a eliminar gorduras”, detalha a especialista.

Quanto a saborização dos alimentos, o sal em excesso pode ser substituído por temperos como: orégano, alecrim, sálvia e outras ervas naturais. “É importante evitar também o uso de molhos prontos, alimentos industrializados enlatados e embutidos, que possuem muitos conservantes e sódio e são prejudiciais à nossa saúde”, enfatiza a Dra Maria Luiza.

Consumo de Carnes

Centrocardio 2018 © Todos os direitos reservados
Desenvolvido por